Venezuelanos terão 12 horas pra comprar alimentos na Colômbia

Maduro reabre fronteiras para venezuelos por algumas horas para que possam comprar no país vizinho.

A passagem que havia sido fechada em 2015 por ordem de Caracas, ficará aberta por 12 horas para que venezuelanos possam comprar alimentos na Colombia. A passagem ficará aberta entre as pontes Simón Bolívar, na Venezuela, e Francisco de Paula Santander, na Colômbia. A permissão ocorreu após 500 mulheres forçarem o cruzamento da fronteira para adquirir comida e produtos básicos na cidade de Cúcuta, na terça-feira.

Durante entrevista concedida depois da autorização, o governador fronteriço de Táchira, José Vielma Mora, afirmou que o presidente Maduro “não quer nenhum ferido, nenhum morto, não quer show (…) e se essas mulheres estão decididas a ir outra vez no domingo, podem se reunir, passar para a Colômbia, comprar lá e voltar” e que a Venezuela trabalha para “que se deem as condições necessárias e se reabra”. Ele afirmou também que o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, admite que a medida por Maduro em 2015 trouxe mais segurança.

A oposição ao atual governo venezuelano discorda. Ela afirma que o fechamento de fronteiras agravou ainda mais a escassez de alimentos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *