Oposição pretende entrar com pedido de Impeachment contra Temer

Após o Ministério da Justiça receber da Polícia Federal a informação que ex-ministro da cultura, Marcelo Calero, havia entregue gravações onde estão registradas conversas entre o Presidente Michel Temer, o Ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira de Lima, e o Ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, para corroborar o depoimento dado por Calero, a oposição, liderada por Lindbergh Farias (PT), decidiu ingressar com pedido de Impeachment contra o Presidente.

O Pedido seria embasado no artigo 9°, 6, da lei 1.079/50 e o principal argumento é a suposta pressão feita por Temer ao ex ministro para construir uma “saída” no caso do imóvel de interesse do maior articulador do governo junto ao Senado, Geddel. As informações entregues pelo depoente confirmariam sua versão mais recente.

Calero teria dito em depoimento à Polícia Federal que Temer o teria “enquadrado” com o objetivo de construir uma “saída” no caso do imóvel de interesse do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima.

Fontes ligadas ao Governo já admitem que o que era tratado como uma crise isolada, agora tornou-se uma crise geral dentro do executivo e ameaça a estabilidade do Presidente no cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *